Segunda, 05 Outubro 2015 19:48

Coisas Sensacionais Impressas em 3D pela Medicina Destaque

Escrito por Alberto
Avalie este item
(0 votos)
Próteses, Implantes, Tecidos, Drogas,  Ossos, Coração, Pele e muito mais já estão sendo impressos em 3D pela medicina.

 

1-Próteses Impressas em 3D

A criação de próteses tradicionais são muito demoradas e destrutivas, já que todas as modificações para as próteses destroem os moldes originais.
Além disso, o custo de próteses tradicionais é uma barreira significativa para aqueles sem recursos significativos.
Pesquisadores da Universidade de Toronto, em colaboração com a Autodesk Research e a CBM Canadá, usaram impressão 3D para produzir rapidamente próteses baratas e facilmente customizáveis para pacientes do terceiro mundo, particularmente em Uganda.
Da mesma forma, "Not Impossible Labs", baseado em Veneza, Califórnia levou impressoras 3D para o Sudão, onde o caos da guerra deixou muitas pessoas com membros amputados.
O Fundador da organização, Mick Ebeling, treinou os locais como operar as máquinas, criar os membros específicos do paciente e ensinou como instalar essas próteses novas nos pacientes e tudo custando muito mais barato do que os métodos convencionais.
Este trabalho também está sendo conduzido significativamente por duas organizações principais xomo a Robohand e a E-nable, cujas próteses para impressão 3D têm proliferado com sucesso estrondoso.


2-Tecidos com Vasos Sanguíneos Impressos em 3D

Pesquisadores da Universidade de Harvard fazendo grandes progressos em bioimpressão de vasos sanguíneos, um passo crucial para impressão de tecidos com um suprimento de sangue.
O laboratório da Dra. Jennifer Lewis projetou uma impressora 3D personalizada e uma tinta de dissolução para criar uma amostra de tecido contendo as células da pele entrelaçadas com o material estrutural que potencialmente pode funcionar como os vasos sanguíneos.


3-Drogas Impressas em 3D

O Dr Mohamed Albed Alhnan da escola de farmácia e ciências biomédicas (School of Pharmacy and Biomedical Sciences) juntamente com sua equipe desenvolveu um sistema de filamento chamado "droga-polímero" (drug-polymer) que pode substituir os filamentos originais em uma impressora 3D.
A equipe descobriu que este novo material permitiu imprimir um desafiante projeto de tablete ou comprimido para a indústria farmacêutica com melhoria significativa da aparência e alta precisão de peso e dose do tablete.
Para obter mais informações: http://www.uclan.ac.uk/staff_profiles...

Primeiro comprimido 3D-impresso aprovado pelas autoridades dos EUA

Spritam
Chegou a primeira pílula impressa em 3D. A aprovação foi dada pelo Food and Drug Administration Americano para a Aprecia Pharmaceuticals.
O FDA anteriormente havia aprovado dispositivos médicos que tenham sido impressos em 3D.
Essa nova droga, Spritam, é produzida pela Aprecia Pharmaceuticals para controlar convulsões causadas por epilepsia.

A Aprecia Pharmaceuticals  planeja desenvolver outros medicamentos usando sua plataforma 3D.
O processo de impressão dos comprimidos permite impressão da medicação em camadas para serem embalados em doses mais precisas.
O comprimido impresso em 3D dissolve-se da mesma maneira como os outros medicamentos orais.

De acordo com especialistas, a capacidade de produzir medicamento impresso em 3D permite uma melhor maneira de personalizar as drogas para necessidades de cada paciente, ao invés de usar apenas um produto que se encaixa para todos.

"Nos últimos 50 anos temos fabricado comprimidos em fábricas mas desta vez, mandei-os para hospitais e pela primeira vez, podemos produzir comprimidos com características muito mais próximas às necessidades de cada paciente, disse o Dr Mohamed Albed Alhnan, professor de farmácia da Universidade de Central Lancashire.

Isso significaria que instituições médicas podem ajustar a dose para pacientes individuais com apenas um simples ajuste do software antes de imprimir. Anteriormente, tal medicamento personalizado seria extremamente caro para produzir, disse o Dr Alhnan.

A Impressão 3D funciona criando um objeto camada por camada.
No caso de medicamentos, impressoras são adaptadas para produzir compostos farmacêuticos, ao invés de polímeros que são usados mais geralmente.

Tais métodos já estão sendo muito úteisl na área da saúde com médicos usando o sistema para criar implantes personalizados  para pacientes com lesões ou outras condições.
E dentistas, por exemplo, usam impressoras 3D para criar garras de réplica e dentes, bem como outros implantes dentários.
O Spritam será lançado no primeiro trimestre de 2016, de acordo com a Aprecia.


4-Ossos Impressos em 3D

Impressoras 3D podem imprimir qualquer coisa hoje em dia: sapatos, armas - e até os ossos. Cientistas de todo o mundo têm trabalhado na impressão 3D para recolocações do osso por algum tempo.
Agora os investigadores na Universidade de Freiburg no sul da Alemanha estão prestes a dar um grande passo a frente.
Eles querem usar uma impressora 3D para criar ossos que vêm completos com os vasos sanguíneos.
Com este método, as chances são maiores que as impressões se conectem ao tecido circundante mais rapidamente.

"Isso deve fazer uma diferença crucial", diz Günter Finkenzeller, chefe do departamento de engenharia de tecido no Plastic- and Hand-surgery center na Universidade de Freiburg. "Com essa técnica os vasos sanguíneos impressos só precisam se conectar com os outros vasos diretamente na fronteira com o implante e os tecidos naturais."


5-Válvula Cardíaca Impressa em 3D

Assista ao BioAssemblyBot imprimir um modelo experimental de uma válvula tricúspide do coração.
Esta válvula controla o fluxo de sangue entre diferentes câmaras do coração.
O modelo de válvula possui três camadas como parte de sua estrutura.
O modelo permite a compreensão de novos desenhos de válvula, funcionalidade e a dinâmica da célula da válvula no tecido construído.

Para obter mais informações, visite www.AdvancedSolutions.com/LifeSciences.

Além disso, o Dr.Jonathan Butcher, da Universidade Cornell, imprimiu uma válvula de coração que em breve será testada em ovinos.
Com uma máquina de seringa dupla, ele foi capaz de imprimir uma combinação de alginato, células musculares lisas e células intersticiais da válvula para controlar arigidez da válvula.


6-Cartilagem da Orelha Impressa em 3D

Lawrence Bonassar da Cornell University tem usado fotos digitalizadas em 3D de orelhas humanas para criar moldes de orelha.
Estes moldes foram então preenchidos com um gel que contém células de cartilagem bovina, suspendidas em colágeno, tomando assim a forma da orelha, enquanto as células cresceram em sua matriz extracelular.

Bonassar e sua equipe desde então passaram a impressão 3D de discos intervertebrais para tratar complicações maiores da coluna vertebral, enquanto os pesquisadores em Princeton têm impresso a orelha de colágeno em 3D, desta vez, com componentes eletrônicos incorporados para conseguir uma audição sobre-humana.


7-Pele sintética

O Google cria pele sintética para projeto de detecção de câncer.
O Centro de pesquisa de saúde de ponta clandestino do Google criou pele sintética humana como parte de seu projeto inovador de detecção de câncer que visa prevenir a doença antes que ela se desenvolva, a mídia dos EUA revelou.

Além disso, o Dr. James Yoo da Wake Forest School of Medicine nos EUA desenvolveu uma impressora 3D que pode imprimir pele diretamente para as feridas das vítimas de queimaduras.
Com a capacidade de digitalizar uma ferida, a impressora pode então fabricar o número apropriado de camadas da pele para preencher a ferida. A pesquisa do Dr. Yoo foi capaz de demonstrar com êxito a viabilidade de um pedaço de 10 cm de pele transplantada para um porco e desde então foi financiada pelo exército dos EUA que quer usar a tecnologia para tratar soldados feridos.


8-Orgãos Impressos em 3D

Organovo anunciou recentemente o lançamento comercial dos seus fígados bioimpressos em 3D.
As células do fígado são capazes de funcionar por mais de 40 dias.
Por enquanto, o produto é usado para testar novos fármacos, os altos executivos da Organovo e outras especialistas da indústria sugerem que, dentro de uma década será capaz de imprimir órgãos sólidos como o fígado, coração e rim.
Centenas de milhares de pessoas em todo o mundo estão à espera de um doador de órgãos; Imagine como esta tecnologia pode transformar suas vidas.


A 3DGraf acompanha todos os avanços e desenvolvimentos tecnológicos da

impressão 3D na medicina.

Estaremos divulgando materiais e máquinas que estejam disponíveis no mercado para que todos tenham acesso aos recursos.

medicina 

Última modificação em Sexta, 16 Outubro 2015 11:48

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Nenhum item no carrinho